terça-feira, 15 de junho de 2010

Afinal existe!!!


Tudo começou com a cegonha. Durante alguns anos acreditei que existia, mas depois lá descobri que não. Depois foi o Pai Natal. A descoberta da sua inexistência resultou em profundo e indelével sofrimento. Seguiu-se a Fada Dentinho, os coelhinhos da Páscoa, unicórnios, gambuzinos, o pote de ouro na extremidade do arco-íris, uma pele imaculada. Nada disto existe.
Na categoria "coisas-ou-entidades-que-era-tão-bom-que-existissem-mas-que-afinal-não-passam-do-resultado-de-uma-imaginação-prodigiosa" eu também incluía homens que sabem fazer embrulhos lindos. Disse bem: incluía. Já não incluo. Hoje um jovem senhor fez, ali mesmo à minha frente, um embrulho 5 estrelas. Nada de mão tremeliques, nem de papel amachucado nos cantos, e muito menos tenta e volta a tentar. Mais! Não fez o embrulho clásico, do puxa de um lado, puxa do outro, fita cola ao meio e nas extremidades. Ele usou da criatividade! À frente dos meus olhos, aquele jovem senhor fez um embrulho perfeito. Sem rugas nem rasgões. E criativo.
Não me meti com ele nem com a sua habilidade, mas confesso que estive tão mas tão tentada...! Não fosse eu casada e era rapariga para convidá-lo para tomar um café.


PS - Não, não era gay.

2 comentários:

Meio Cheio disse...

Podias ter dado os parabens ou a morada do teu blog para ele hoje ler isto...ficaria todo babado de certeza! É engraçado ver alguem que faz algo com gosto...parece que fica sempre perfeito =)

Beijinho e boa semana*

Corset disse...

uuuuui pedias-lhe o número e leiloavas aqui no blog! aposto que fazias uma fortuna xD