terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Eu não quero saber do Liedson para nada


Aqui d'el Rei que o Liedson vai deixar o Sporting!
Grande espanto e admiração por parte da plebe porque o Liedson foi vendido. E, pergunto eu que percebo rigorosamente nada de futebol, onde é que está a novidade? Não é isso que se faz com os jogadores?
Os jogadores de futebol são mais ou menos os escravos da idade moderna. Primeiro, olham-se os dentes e para a compleição física em geral para apurar o potencial do servo. Depois são comprados e vendidos consoante as necessidades dos seus amos. Agora serve, fica. Agora já não serve, vai embora. E às vezes até são jogados à arena para delírio do público. As feras foram substituída por uma simples e aparentemente inofensiva bola, mas ainda assim há lutas que enchem páginas e páginas de jornais e ocupam mais tempo nas televisões do que seria desejável. Já não é tanto sangue como havia... mas isso também se resolve com uma cabeçada ou um pontapé mal intencionado.
A grande diferença entre os jogadores de futebol e os escravos é mesmo que uns trabalhavam para aquecer e outros aquecem para trabalhar. Isso e o facto de os gladiadores da bola auferirem mais dinheiro do que seria obscenamente permitido.



E pronto, neste blog não mais se voltará a falar de futeboll. :)

2 comentários:

Meio Cheio disse...

Quanto a mim...é para o lado que durmo melhor...até podia dedicar-se à malha xD
Beijinho*

ZapporssoN_81 disse...

:)Embora concorde que aos jogadores é colocada demasiada importância na nossa sociedade, confesso que gosto de ver bom futebol... Ver, porque sofrer por esses senhores não é minimamente lógico!