sexta-feira, 5 de março de 2010

Vento Quente


Ontem eu era capaz de jurar, a pés juntos, que não tenho vícios. Não fumo, não bebo, não bebo café, consigo passar sem chocolate e doçuras que tais... isso era ontem. Hoje descobri que, afinal, tenho um vício. É com alguma vergonha que admito que sou viciada em... secadores de cabelo.
Não preciso de ter muitos, não sou coleccionadora. Tenho é que ter um. Que faça vento. Forte e quente. Para me desarrumar o ondulado do cabelo.
Preciso daquele vento todos o dias de manhã. Preciso daquele carinho vigoroso no cabelo. E depois, com ele todo alvoraçado, olho-me ao espelho e, aí sim, gosto do que vejo.
Ontem o meu secador fraquejou. O vento forte que fazia reduziu-se a uma leve brisa quente, quem nem cócegas faz. Mandei arranjá-lo, pois claro, que não se manda uma paixão para o lixo à primeira adversidade.
- Está pronto daqui a 8 ou 10 dias.

Quê????!!!! Tanto tempo sem o meu secador??? Nem pensar! Por isso, hoje de manhã, a primeira coisa que fiz quando saí de casa foi... comprar um secador novo.
Sê bem vindo à minha vida, pequenito.

2 comentários:

Lila disse...

Podia ser pior. Eu sou viciada na máquina de lavar roupa e a danada anda a falhar-me que nem gente grande...Beijos

Corset disse...

Ahahaha muito bom! alguém viciado em secadores! Ora bem, eu confesso que tem o seu quê de agradável... e mais! é útil. Portanto arranjaste um bom vício ;)